Por que você não deve matar beldroegas em seu jardim: 8 razões convincentes

Beldroega (Verdolaga) passou de um incômodo nos jardins a um tesouro valioso! Esta extraordinária planta está a recuperar a sua posição nos mercados agrícolas e nos restaurantes conceituados, proporcionando não só vantagens para a saúde, mas também satisfação culinária.

Conhecida por nomes diferentes, como porca e caruru, a beldroega é uma erva daninha que você deve receber calorosamente. Reconhecido como um superalimento, ocupa um lugar especial no afeto de figuras como Mahatma Gandhi e está atualmente passando por um renascimento.

beldroega francesa de folha verde 1
Esta planta robusta emerge de rachaduras no pavimento, infiltra-se nos jardins e foi apelidada de “planta milagrosa” pelo Dr. Artemis Simopoulos, presidente do Centro de Genética, Nutrição e Saúde. Durante seu mandato no Instituto Nacional de Saúde, a Dra. Simopoulos descobriu que a beldroega contém os níveis mais altos de ácidos graxos ômega-3 entre todas as plantas verdes.

Suas folhas suculentas, em formato de lágrima, são ricas em antioxidantes, vitaminas e minerais, o que a torna uma potência nutricional. Mas isso não é tudo – essas folhas também oferecem um sabor rejuvenescedor e picante de limão com um toque de pimenta, caracterizado por Sergio Vitale, chef-proprietário do Aldo’s Ristorante Italiano em Chicago, que cresceu saboreando beldroegas no sul da Itália.