Cultivo de mudas de maçã a partir de restos: uma jornada gratuita em 10 dias

Você sabia que pode cultivar uma muda de maçã a partir de restos de maçã descartados em questão de dias? Descubra como cultivar uma planta próspera sem gastar um centavo.

sha3
As maçãs, muitas vezes apelidadas de fruta da saúde, são amplamente consumidas. Compostos principalmente por água, contribuem para a sensação de saciedade, tornando-os ideais para dietas de emagrecimento. Mas aqui vai um segredo: além do seu valor nutricional, as maçãs têm o potencial de dar origem a uma nova vida na forma de mudas.

O processo de germinação de sementes e cultivo de mudas é mais simples do que você imagina; muitas vezes, uma única semente germinada será suficiente. Dentro do coração de uma maçã encontra-se uma série de sementes, servindo como base para o cultivo de sua própria planta de maçã. Com o tempo, esta pequena empreitada poderá evoluir para uma árvore magnífica, embora exija uma boa dose de paciência.

Cultivando uma muda de maçã: transformando restos em vida
Vamos explorar como você pode criar uma muda de maçã próspera a partir do que normalmente seria descartado – o caroço e as sementes. Nos parágrafos a seguir, orientaremos você em cada etapa, oferecendo dicas para um empreendimento de sucesso que exija o mínimo de esforço.

Cultivando uma planta de maçã: nutrindo a partir de uma semente
cultivando uma muda de maçã em um vaso

Conforme mencionado, a jornada para cultivar sua própria macieira começa com uma semente extraída de uma maçã madura. Criar uma muda é um processo relativamente rápido, mas exige paciência devido aos prazos estendidos para a frutificação e o crescimento das árvores. Embora você possa não testemunhar a fruição do seu trabalho no futuro imediato, com o tempo, seus esforços poderão trazer boas recompensas.

Comece selecionando uma maçã madura. Corte delicadamente a maçã, garantindo que a parte central que contém as sementes permaneça intacta. Pare a faca com cuidado antes de chegar ao centro e use as mãos para expor as sementes. Depois de coletar as sementes, é hora de iniciar o processo de germinação.

Germinação de sementes: aguardando o milagre
Compre um recipiente de plástico ou vidro com vedação hermética. Forre o interior com um guardanapo de pano branco e coloque as sementes dentro. Sele o guardanapo e, usando um borrifador, borrife levemente água sobre ele. O guardanapo deve estar úmido, não saturado. Sele o recipiente e deixe-o tomar sol por 10 dias (evite a exposição direta ao sol).

Após esse período, abra o recipiente e inspecione as sementes em busca de sinais de germinação. A vigilância é crucial para evitar a formação de mofo. Agora é hora de plantar as sementes germinadas, deixando as não germinadas no recipiente. Obtenha um vaso de 10 cm de diâmetro e encha-o com turfa. Se não estiver disponível, solo universal de alta qualidade, macio e bem drenado será suficiente.

cultivando uma muda de maçã em um vaso 1
Plantando e cuidando de sua muda
Faça um buraco com aproximadamente 3 a 4 cm de profundidade. Usando uma pinça, coloque delicadamente a semente germinada no buraco com a raiz voltada para baixo e a semente para cima. Tome cuidado para não danificar a delicada estrutura. Cubra a semente com terra e borrife com água usando um borrifador. Posicione a panela em local bem iluminado, evitando a exposição direta ao sol.

Com o tempo, você notará que o broto fica mais alto. Dentro de cerca de 7 dias, uma pequena muda de 4 cm surgirá. Depois de um mês, as primeiras folhas começarão a florescer. À medida que a planta continua a prosperar, ela crescerá gradualmente mais alta. Quando a planta atingir altura superior a 1 metro e diâmetro do tronco de 1 cm, ela estará pronta para a enxertia