Beldroega no jardim: 8 motivos para não matá-la!

Beldroega é uma planta que cresce em jardins como erva daninha. A maioria das pessoas tende a se livrar dela assim que ela começa a crescer, porém esta planta oferece muitos benefícios que poucas pessoas conhecem. Aqui estão 8 boas razões para cultivar beldroegas em seu jardim:

Beldroega no jardim: 8 motivos para não matá-la!
Beldroegas em seu jardim

Beldroega é uma planta herbácea anual que forma tufos. Possui caules longos e pendentes e é coberto por folhas pequenas, macias, redondas e verdes oleosas. Entre julho e outubro é adornado com pequenas flores amarelas. Provamos as folhas frescas que apresentam um sabor ligeiramente ácido e picante. Cresce espontaneamente em jardins do sul de França, mas pode cultivá-la no seu próprio jardim, ou num vaso, se o seu solo não for adequado!

A beldroega (Portulaca oleracea L.) estende seus caules suculentos, cujos tecidos carnudos são ricos em água, ao nível do solo no final do verão. Considerada erroneamente uma erva daninha, é na verdade uma das plantas vegetais mais antigas. Importada do Oriente pelos romanos, depois abandonada ao longo do tempo, naturalizou-se nos nossos jardins. Jean-Baptiste de La Quintinie, jardineiro de Luís XIV, compreendeu empiricamente as excelentes propriedades nutricionais da beldroega e considerou-a uma “salada saudável”. É também uma planta bioindicadora, o que significa que fornece informações sobre a natureza do solo. Se estiver muito presente é porque o solo é muito compacto, carece de ar e de cálcio. Além disso, atesta um substrato seco no verão e com dificuldade de fixação dos elementos.

8 boas razões para cultivar beldroegas no seu jardim:

1. COMBATE À DEPRESSÃO:

As folhas de beldroegas são uma boa fonte de ômega-3, que é um ótimo combustível para o cérebro, previne a insuficiência cardíaca e é um ótimo tratamento para a depressão. De acordo com a vida da Mãe Terra, você pode substituir os vegetais de folhas verdes em seus pratos por folhas de beldroegas. Use-os para enfeitar seus sanduíches, adicione-os a sopas, ensopados e principalmente a todas as suas saladas! Beldroega tem sabor apimentado e às vezes pode ser azedo.

Contra-indicação:  Evite consumir beldroegas durante a gravidez, pois permite a contração da musculatura uterina.

2. HIDRATAÇÃO:

Beldroega é composta por 93% de água. Consuma esta erva para repor as células desidratadas.

3. INFLAMAÇÃO CALMA

Já na Grécia antiga, a beldroega era usada para acalmar inflamações da pele, mas também das mucosas. Beldroega também será eficaz no tratamento de inflamações respiratórias, como dor de garganta, mas também de inflamações urinárias, como cistite dolorosa. Além disso, a beldroega tem propriedades diuréticas.

4. UM EXCELENTE ANTIOXIDANTE

A beldroega é rica em vitaminas A, C e E, que retardam o dano celular e retardam o envelhecimento da pele.

5. FACILITA A COAGULAÇÃO SANGUÍNEA

As folhas de beldroegas também são usadas para facilitar a coagulação do sangue.

Na fitoterapia utiliza-se a planta inteira: fresca, em decocção ou seca e depois reduzida a pó para tomar em forma de cápsulas. Um benefício bem conhecido da cápsula de beldroegas é regular o açúcar no sangue, especialmente importante para pessoas com diabetes.

6. RICO EM NUTRIENTES ESSENCIAIS

Cálcio e Magnésio:  Adicione folhas de beldroegas conforme sugerido acima para manter ossos, dentes e músculos saudáveis.

Potássio:  Adicionar beldroegas à sua dieta diária irá ajudá-lo a manter uma boa pressão arterial

Ferro:  O ferro não é encontrado apenas na carne e no feijão. Beldroega também é uma boa fonte de ferro.

7. CONTÉM BETALÍNA

Beldroega contém betalaína. É um antioxidante que evita que o colesterol danifique os vasos sanguíneos. A beldroega tem, portanto, um efeito extremamente positivo nos níveis de colesterol.

8. PRODUÇÃO DE MELATONINA

Este antioxidante ajuda a produzir melatonina. A melatonina é muito importante para regular o ciclo sono-vigília.

COMO PROVAR PURSULAK?

Muito semelhante à alface de cordeiro, a beldroega às vezes é chamada de salada saudável. Suas folhas carnudas apresentam um lindo verde intenso, mesmo no inverno. Algo para alegrar a louça! Não coma apenas as folhas porque os caules também são muito saborosos. Os caules mais grossos podem ser preparados e apreciados como picles.

Basicamente, deixe a beldroega crescer no seu jardim!